Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Comida di Buteco 2013 - Casa Velha

O evento

O Comida di Buteco é um concurso que teve início no ano 2000, e está em sua 14ª edição. Ao longo do tempo cresceu, angariou patrocinadores e se capitalizou. Espalhou-se por todo o Brasil e, há seis anos, obriga os bares a criarem pratos com ingredientes pré-determinados. Entre muitos sabores e alguns dissabores, este blog volta a percorrer os bares participantes, procurando visita-los em dias e horários alternativos para fugir das filas. Nas postagens referentes a este momento daremos maior enfoque nos pratos, até pelos bares se encontrarem fora da sua dinâmica habitual.

O prato

Participando pela segunda vez do concurso, e já tendo uma medalha de prata na bagagem, o Casa Velha ingressa em 2013 com um prato que vai dar trabalho à concorrência. Bem apresentado, foi batizado como "Três Mosqueteiros e suas fiéis manteigas" (Medalhão de linguiça de vinho com gengibre e pimenta rosa, cupim acebolado, polenta de mandioca, manteiga de alho, ervas e pimentão vermelho).


O medalhão de linguiça, pela combinação ligeiramente gordurosa, foi o que menos me agradou no prato. O cupim acebolado, por sua vez, é razoável, e a polenta de mandioca, além de criativa é deliciosa. Os três molhos, por fim, são bem executados, permitindo se sentir o sabor prometido a cada um deles.

Além da boa cozinha, o Casa Velha destaca-se também nos demais quesitos. O atendimento é simpático e eficiente, o ambiente muito interessante e a cerveja geladinha, apesar da restrição aos rótulos premium da AMBEV. Ainda que seja um bar recente no evento, mostra-se maduro e recomendado.

Outras informações sobre o boteco, como endereço e horário de funcionamento, podem ser encontradas aqui.

2 comentários:

  1. O que me chamou mesmo atenção foi o ambiente, simpático demais, que lugar aconchegante viu!
    Acredito que o prato concorre nas cabeças do festival, muito saboroso!
    Cerveja gelada e pra finalizar os garçons vestidos de mosqueteiros completam uma avaliação super positiva do Casa Velha!

    Abçs

    ResponderExcluir
  2. Também gosto bastante do ambiente do Casa Velha, e por todo o conjunto, acho que o bar tem grande chance de repetir o feito do ano passado!

    Um abraço!

    ResponderExcluir