Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Comida di Buteco 2013 - Dona Suica

O evento

O Comida di Buteco é um concurso que teve início no ano 2000, e está em sua 14ª edição. Ao longo do tempo cresceu, angariou patrocinadores e se capitalizou. Espalhou-se por todo o Brasil e, há seis anos, obriga os bares a criarem pratos com ingredientes pré-determinados. Entre muitos sabores e alguns dissabores, este blog volta a percorrer os bares participantes, procurando visitá-los em dias e horários alternativos para fugir das filas. Nas postagens referentes a este momento daremos maior enfoque nos pratos, até pelos bares se encontrarem fora da sua dinâmica habitual.

O prato


No Dona Suica nós estivemos, pela primeira vez, uma semana antes do Comida di Buteco ter início. Na ocasião não havia cerveja gelada, o que nos empurrou para o boteco vizinho, porém não deixaríamos de voltar para conferir o seu convidativo prato. Foi o que fizemos no primeiro domingo de evento, quando chegamos pouco depois do meio dia, e pudemos constatar que estavam escondendo o ouro. Apesar da restrição para as cervejas clássicas, a Original estava geladinha, o atendimento foi bem treinado, e a infraestrutura ampliada, com um banheiro masculino maior e dois toaletes femininos.

O Lombo Arrumadinho com Maria Gondó (lombinho recheado com linguiça caseira e acompanhado com farofa de maria gondó), vendido a R$ 22,90, só contribuiu com as boas impressões. A carne, macia e com o tempero no ponto certo, é bem acompanhada pela farofa da folha exótica. Apesar de não constar na descrição, há também um molho de framboesa, que é interessante apesar de um ligeiro excesso de caldo Knorr. Em sua primeira participação, o Dona Suica já mostrou que tem qualidade o suficiente para manter-se no concurso.

Outras informações sobre o bar, como endereço e horário de funcionamento, podem ser encontradas aqui.


2 comentários:

  1. No dia da cerveja quente, tive minhas dúvidas se o bar iria aguentar o ritmo do festival, mas pelos depoimentos que eu li, eles conseguiram dar um up mesmo.Quero voltar lá de novo antes do fim do CdB.

    ResponderExcluir
  2. Pensei o mesmo que você, Karina, mas pelo visto estavam aguardando o melhor da festa para depois do início do concurso. Quando puder, volte sim!

    ResponderExcluir