Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

domingo, 19 de agosto de 2012

Comida di Buteco 2012 - Lourdes e Santo Agostinho

Em mais um capítulo da retrospectiva do Comida di Buteco 2012, falamos hoje dos pratos que experimentamos em dois dos bairros nobres de BH, em bares do Santo Agostinho e de Lourdes.

No Ali ba bar, o primeiro que fui, estive para conhecer o "Lagarto na moita", mas não sem antes beliscar uma boa xuranha (R$ 4,00 na ocasião, sendo aumentado posteriomente para R$ 5,00). Destaco que até conseguirmos a mesa, deixamos o nome na fila de espera, e ainda passamos por uma daquelas mesinhas altas, fluxo este muito bem organizado pelo Gerente, que vez por outra ainda auxiliava os garçons, os quais pareciam desorientados com o vultoso movimento daquele dia.

Cerca de meia hora depois, com a mesa já tomada pela turma, solicitamos o aguardado petisco, em que a carne é acompanhada por pimentão verde, pimentão vermelho, cebola e azeitonas, todos cortados em finas fatias e cobertos por queijo minas e tomates italianos. Boa criação, com a possibilidade de se aproveitar o suculento caldinho ao final do prato com o pão francês, que acompanha o petisco. Porém considero que o tamanho do prato, que atendeu a cinco pessoas, tenha sido o seu maior destaque na ocasião, sobretudo se comparado à concorrência. O ponto negativo fica por conta do sal, que apareceu em relativo exagero, por certo em função da combinação dos ingredientes.
Cerveja gelada, porém em consonância com a ditadura da AMBEV durante o festival, e ainda custando R$ 6,50 cada garrafa de Serramalte. Higiene satisfatória e o ambiente sem igual do Ali Ba Bar, que é um dos bares que mais frequento ao longo de todo o ano.

O segundo do Santo Agostinho, a três quarteirões dali, é o Bar Peixe Frito, onde também frequento com assiduidade. Trata-se de um butequim que beira à excelência nos quesitos atendimento e cerveja gelada, além do que sabem fritar um peixe como poucos.

Durante a minha visita para o Comida di Buteco, os quesitos acima voltaram a suprir as minhas expectativas, porém do prato "Tentação de Minas" (R$ 22,90) eu não gostei. Nele, os bolinhos de tilápia foram fritos um pouco além do necessário, aspecto este que, combinado com o recheio de queijo, tornou o sabor do peixe praticamente imperceptível. Penso que se a combinação tivesse sido feita com o seu já tradicional bolinho de bacalhau, cujo sabor é bem mais insinuante, o resultado poderia ter sido melhor.
Por ali cada garrafa de Budweiser custa R$ 6,30, e podem ser pagas no cartão de crédito ou débito. Recomendo a visita aos que ainda não puderam experimentar quaisquer dos pratos que dão nome a casa, estes sim imbatíveis.

Finalmente, aquele que seria o representante único de Lourdes na edição de 2012, qual seja o Chamego's Bar. Curiosos para conhecermos o "Uai Pode! Uai pede!", estivemos por ali em uma terça-feira, o que foi favorável já que a turma era grande. Quando chegamos havia uma pequena espera para uma mesa que fosse compatível, lista essa controlada pessoalmente pelo Ricardo, dono do bar, que nos recebeu muito bem.

Depois de acomodados, bebericamos de Serramalte a Original, ambas custando R$ 6,00 e servidas em boa temperatura. O atendimento não comprometeu, e a higiene estava dentro do esperado.

No que se refere ao prato, considero que seja um bom quitute, mas sem nada que surpreendesse. Os cubos de frango estavam bem temperados, e eu sugeriria apenas que o molho de queijo fosse um pouco mais encorpado. Os espetinhos que acompanham, de salsicha com queijo, deram alguma cor ao petisco, e as torradas com orégano permitem se aproveitar o molho até o fim.
Recentemente voltei para experimentar o seu afamado PF, experiência que compartilharei por aqui em breve. Por ora, registro o alerta quanto ao não recebimento de qualquer espécie de "dinheiro eletrônico" por ali, seja cartão de crédito, de débito ou tíquete. Assim, vá prevenido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário