Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Butiquim da Carne - 19/08/2011 (Estabelecimento fechado)




Funcionando no mesmo casarão que abrigou até o início do ano o Boteco da Carne, transferido para Lourdes no início do ano, o novo bar usou a estratégia de se aproveitar de um nome semelhante ao anterior, certamente imaginando que os clientes não percebessem a mudança. Outra parecença é a estranha arquitetura de sempre, com um pequeno ambiente isolado abaixo, e outros dois escadas acima, sendo um interno e outro externo. Contudo as semelhança param por aí, já que a qualidade da cozinha e da churrasqueira não chegam perto daquela verificada no verdadeiro Boteco da Carne, que aliás pode ser conferida a qualquer momento na Rua Alvarenga Peixoto, 551.

De início, como aperitivo, solicitamos uma porção de provolone com abacaxi (R$ 16,00) e dois pães de alho (R$ 3,90 cada). A primeira, apesar do acanhado tamanho, é razoável no sabor, o que não pode ser dito sobre os pães de alho, que infelizmente estão muito aquém daqueles encontrados no Chico do Churrasco, que é referência neste assunto. O fato é que disfarçamos a fome, mas não a vontade de encontrar aquilo que seria a especialidade da casa.

Como o bar faz menção a carne até no próprio nome, partimos para este quesito imaginando que pudesse ser a salvação da lavoura. Pedimos fraldinha com batatinha picante (R$ 25,90) e as Kaftas recheadas (R$ 12,00 com duas). Os pratos são tão fracos que a ala feminina quis algo para disfarçar a decepção, talvez a bela sobremesa estampada em um colossal banner logo da entrada do bar. Como resposta ao clamor das mulheres somente um garçom com as mãos cheias de chocolates Lacta e Diamante Negro.

Poucos meses depois da mudança do Boteco da Carne, o bar atual já passa pela sua segunda administração, e isso se reflete na qualidade da casa. Assim como falta-lhe alma, sobra astúcia ao Leo Marques, que conseguiu trocar este ponto ruim por outro melhor arquitetado e localizado. Hoje o empresário planeja a abertura de mais um restaurante, o terceiro no badalado bairro de Lourdes. Estaria emergindo um dos novos donos do pedaço?

Serviço:
Butiquim da Carne
Rua São Romão, 56 – São Pedro
Tel: 2516-3203
.

4 comentários:

  1. Grande Dougão, eu que lhe agradeço pela visita.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Discordo totalmente dos comentários acima.
    Gosto do Boteco da Carne em Lourdes, más não precisa comparar um com o outro, já que como mesmo foi dito não tem relação nenhuma.
    Estive alí recentemente e a Fraldinha estava deliciosa, a Feijoada dos sábdos é de alta qualidade e o lugar tem ficado bem mais agradável do que era antes.
    Detalhe, o número não é 58 e sim 56.

    ResponderExcluir
  3. Prezado Anônimo,

    Agradeço-lhe pelos comentários.

    Quanto ao número já foi corrigido, obrigado.

    Pedrão

    ResponderExcluir