Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Zezão Bar - 13/12/2011


A intenção era tomar uma cerveja rápida em algum bar perto de casa, já que naquele final de tarde o sol era no mínimo escaldante. Assim sendo, decidimos por uma breve passada no Pé de Goiaba, e ao chegarmos na esquina das Ruas Alpes e José de Alencar, foram duas as surpresas. A primeira delas se deu por não termos visto qualquer mesa no passeio daquele bar, espanto este que não durou muito tempo, já que minutos depois avistamos o seu novo ambiente, agora ampliado, com uma porção mais chique.

A segunda surpresa foi a grande faixa que avistamos do outro lado da rua, exatamente em frente ao Pé de Goiaba, que dizia “Bar do Zezão, inauguração dia 13/12”. Daí o dilema: conheceríamos a parte nova do velho conhecido, mas nem tão admirado Pé de Goiaba, ou nos aventuraríamos pelo novo bar, inexistente até ontem? Pelo título da resenha, o nobre amigo do outro lado da tela deduziu, por certo, que se trata de uma charada pronta. E assim atravessamos a rua, dispostos a conhecer o mais novo bar da cidade.

Chegando por lá escolhemos uma das mesas ao ar livre, que era tudo o que desejávamos naquele momento. Em seguida nada melhor do que uma cerveja no ponto, e dentre as três ou quatro opções fomos de Brahma, deveras gelada e custando R$ 4,70 cada garrafa de 600 ml. Há também Original e Bohemia por R$ 5,70, além de refrigerantes e água, mas nada de sucos para a Vivian.

Resolvemos petiscar, e ao desbravar o cardápio avistamos não mais que meia dúzia de espetinhos, cujos preços variam de R$ 3,90 a R$ 7,90, além de Filé com Fritas, porção esta anunciada pelo dono pessoalmente em nossa mesa, a R$ 25,00. Não queríamos nada muito farto, afinal estava quente e por certo nem aguentaríamos. Assim sendo, pedimos dois espetinhos, um de muçarela (R$ 3,90) e outro de picanha (R$ 7,90).

O primeiro a chegar foi o de muçarela, cujos gomos foram assados somente pela metade. Comemos uma parte e pedimos ao garçom que levasse o restante para terminar de assar. Nesse meio tempo levaram-nos aquele que deveria ser o espetinho de picanha, salvo tenha sido desenvolvido novo tipo deste corte sem a gordura. Chamei novamente o garçom e lhe informei sobre o engano no pedido. Na sequência passa por nós o dono, que me prometeu uma picanha da boa.

À nossa mesa voltara o espetinho de muçarela, aliás, os quatro gomos que haviam retornado à churrasqueira. Além de não terem sido assados, chegaram desmanchando, um fiasco. Nessa altura eu não questionava mais nada, e com a chegada da nova “picanha” tratamos de comer o que demos conta, afinal o Zezão só se enchia de novos clientes, e não queríamos estragar aquela entusiasmada inauguração de bar. Em minha última resmungada sobre a situação, apostei que em três meses de funcionamento encontraremos dos dois quadros um: ou reformularão o cardápio, retirando dele as picanha que inexistem por ali; ou descartarão os fornecedores atuais, uma vez que inaugurar um bar de porte considerável servindo espetinho congelado a R$ 7,90 é um tiro no pé.

Como pagamento recebem qualquer tipo de cartão, e não teríamos mais nenhum problema, salvo a necessidade de lembrar o garçom que o espetinho de muçarela não foi relacionado na conta. Depois de tudo saímos de lá refrescados pelas Brahmas geladas, e com a certeza inequívoca de quem é o tal Zezão aludido na faixa provisória do Bar estreante.


Serviço:
Bar do Zezão
Rua José de Alencar entre Rua Alpes e Rua Monte Branco - Nova Suissa
Tel: Em breve
.

2 comentários:

  1. Poxa, isso tudo na estréia?
    Velho, os bares te perseguem, até em estréia que num tá sabendo vc vai!!!
    Esqueceu de colocar o terceiro quadro, se não mudar nos dois primeiros esse não dura mais que 1 ano funcionando, é de aceitar que na estréia tenha de tudo e ao longo do funcionamento ocorram cortes no cardápio e alguns deslises no atendimento, agora logo na abertura esse tanto de mancada?! Aê é "SODA"...
    Aprendi na saudosa barraca do Bin Laden nos bons tempos do mineirão, que o segredo dos espetinhos é o seu próprio tempero, pois senão serão os mesmos fornecedores vendendo o os mesmos espetinhos em lugares diferentes, aê num dá!

    Blog cada dia melhor!

    E um 2012 do butecos para todos nós!!!

    ResponderExcluir
  2. Fala Diogão!

    Exatamente isso, cara, já abrirem com um cardápio restrito e ainda economizando nos ingredientes. Investimento de alto risco...

    Concordo em gênero, número e grau quanto à necessidade de um tempero próprio, que acaba por ser uma marca do lugar! Será que eles estão precisando de uma consultoria Vip do Bin Laden? Hehehe.

    Grande abraço, e que venha 2012!

    ResponderExcluir