Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Bombshell - 15/08/2013

É bem interessante se deparar com a criatividade de alguns empresários, que transformam espaços diminutos em ótimos bares. É o caso do Bombshell, que mesmo tendo incorporado mais uma loja de igual tamanho, permanece abrigando no passeio a maior parte da sua clientela. Aos olhos do belo-horizontino, um passeio comum já seria agradável, porém se trata de calçada embalada pelo som de DJ’s, que animam a descolada freguesia.


Aberto no começo de 2012, o Bombshell tem na seção de drinks o seu ponto forte. Por recomendação do simpático garçom, experimentei o “Demônio”, que é preparado com limão capeta, canela, mel e vodka. Mais generoso do que as caipi-vodkas encontradas por aí, a agradável bebida vai à mesa em roupagem convidativa.


Há mais quinze opções de drinks, porém a cerveja não fica de fora. No tradicional recipiente de 600 ml, a Original (geladíssima) e a Skol custam R$ 6,80, mas há opções de long neck, variando entre R$ 4,50 e R$ 6,00 cada. À parte, também uma enxuta carta de vinhos, para quem não abre mão da bebida.

No dia da visita eu quis petiscar alguma coisa, porém não vi, no cardápio que muito se parece com o do Barracão Butiquim, nada que pudesse se conservar quente sob o vento frio da rua. A melhor pedida seria uma batata rosti (entre R$ 32,90 e 36,90), carro chefe da casa, mas como eu estava sozinho não teria apetite para tanto. Na próxima visita pretendo experimentar as coxinhas de frango fritas com chutney de banana (R$ 24,90) ou a porção de pastéis de queijo do reino com cebola (R$ 12,90, com seis unidades).


Encerro compartilhando uma dúvida pessoal, quanto à utilidade de uma resenha que não avalia a cozinha do estabelecimento. Vale a pena dividir experiências como esta, ou é mais favorável aguardar pela segunda visita, quando seja possível comer?


Notas:

Ambiente: 4
Atendimento: 3
Bebida: 4
Custo-benefício: 3


Média final: 3,5 estrelas


Bombshell
Rua Sergipe, 1395 – Savassi – Belo Horizonte – MG
Tel: (31) 8850-3627
Preço médio por pessoa: R$ 60,00

*Consumo individual, em rateio ou não, de uma porção para dois, ou duas porções para um, de preço médio, acrescida(s) de duas bebidas, serviço e couvert/entrada, quando houver. As bebidas podem ser duas cervejas de 600 ml, quatro cervejas de 350 ml, dois drinks, ou duas doses de cachaça, dependendo da especialidade do bar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário