Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Elvis King Pub - 31/07/2013

O Elvis King Pub, aberto no início do ano no bairro Funcionários, é um bar de contrastes. Sob alguns aspectos se destaca perante seus pares, como é o caso do interessante ambiente, com meia luz e remetendo ao country americano. Já em outros, como o atendimento, bons ajustes se mostram necessários. Entre altos e baixos, que detalharemos aqui, ao menos uma primeira visita vale a pena.


Foi o que fizemos, no final de julho, quando lá chegamos depois de um dia de expediente. O horário de happy hour, a partir das 18h, é muito vazio por ali, e talvez tenha sido este o motivador das promoções oferecidas de terça a sexta, até às 20h. O principal atrativo é a rodada dupla de bebidas, excetuando-se as listadas na carta de cervejas especiais, e ainda um prato criado exclusivamente para o horário, composto de três frituras (Buffalo Wings, Fried Mozzarela e Onion Rings) e três molhos (blue cheese, marinara e thousand island), batizado de “The Elvis Sampler” (R$ 28,00).


Aproveitando esta oferta, fui de Stela Artois 275 ml, cujo preço de cardápio é R$ 6,00, enquanto a Vivian optou por uma Presley Lemonade no sabor blueberry (R$ 10,00). Estranho, para não dizer cômico, é que a segunda bebida da rodada dupla chega no exato momento da primeira. Para comprovar que não era piada do Elvis King Pub, eis abaixo uma foto de nossas quatro bebidas, todas elas cheias.




Além das cervejas convencionais e especiais, cuja carta é restrita aos rótulos das cervejarias Baden Baden, Eisenbahn e Devassa, há também 10 variedades de drinks, com o preço variando entre R$ 14 e R$ 20.


Na quarta-feira quando lá estivemos não havia música ao vivo, que aparentemente se restringe a sextas e sábados. Porém houve a transmissão simultânea dos jogos de Atlético e Cruzeiro, com as LCD’s no mudo, a fim de não incomodar quem preferia relaxar ao som da música ambiente. A trilha sonora, vale dizer, é quase exclusiva do rei do Rock, e quem não for apreciador do mesmo é bom passar longe da casa.

Para petiscar, uma boa dica é a Steak Quesadilla (R$ 29,00), que são “tortilhas artesanais de trigo recheadas com tiras de alcatra grelhada, queijo prato, bacon e cebola caramelizada, acompanhadas de guacamole e molho ranch”. Servidas em porção pra lá de caprichada, trata-se de um delicioso quitute, e é certamente a melhor quesadilla que já comi em BH.


Depois de algumas rodadas de long neck e limonada, partimos então para o nosso desafio maior, que seria o hambúrguer Double Trouble (R$ 29,00). Montado com duas carnes não especificadas de 180 gramas, é servido com “queijo prato, cheddar derretido, tiras de bacon, cebola roxa, alface americana, tomate e molho thousand island.” As batatas escoltam qualquer dos sanduíches, e foi por elas que iniciamos.

Fritas há bastante tempo, as fracas batatinhas eram industrializadas, e foram desprezadas na sua totalidade. Comprovando que o Elvis King Pub é um bar de contrastes, e indo na contramão da quesadilla, o hambúrguer também não convenceu. As carnes, insossas, demonstravam ter sido descongeladas há pouquíssimo tempo. O bacon era mal fatiado e exageradamente tostado, e o molho rosado que vai no sanduíche é exatamente o mesmo que acompanha as fritas. Cabe dizer, ainda, que este pedido levou 50 minutos para chegar à mesa.


Saímos do Elvis King Pub com a intenção de retornar em breve, porém mediante duas condições: ir com uma turma maior no horário de rodada dupla, para não ter de beber cerveja quentes ou drink aguado, e ficar nas quesadillas ou petiscos, já que no quesito hambúrguer o bar deixou a desejar.


Notas:

Ambiente: 4
Atendimento: 1
Bebida: 3
Comida (peso 2): 3
Custo-benefício: 2

Média final: 2,5 estrelas


Evis King Pub
Rua Santa Rita Durão, 309 – Funcionários – Belo Horizonte – MG
Tel: (31) 9251-5355
Pagamento: Cartão de crédito ou débito
Preço médio por pessoa: R$ 75,00

*Consumo individual, em rateio ou não, de uma porção para dois, ou duas porções para um, de preço médio, acrescida(s) de duas bebidas, serviço e couvert/entrada, quando houver. As bebidas podem ser duas cervejas de 600 ml, quatro cervejas de 350 ml, dois drinks, ou duas doses de cachaça, dependendo da especialidade do bar.

4 comentários:

  1. Pedrão, a gente tá enrolando pra ir lá já tem um tempo, mas queríamos muito ir. Só que sua descrição do hamburguer deu uma desanimada, mesmo você dizendo que vale uma primeira visita (rs). Quanto foi esse hambuguer que vocês comeram? Abs

    ResponderExcluir
  2. Guilherme, o Double Trouble, que é o mais caro, custa R$ 29,00. Acho que vale a pena ir quando o desejo for o de um prato tex-mex, como a quesadilla. Esta deixou saudades!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Quando eu fui eu gostei bastante.
    Atendimento a lá applebees (boa noite sou o samuel e irei servi-los essa noite) sem piadinhas demais, mas eu considero legal

    BUD geladassa

    o double trouble possui um tempero magnifico com uma pimentinha no final da hora demais.

    relembrei as incontáveis matadas de aula pra jogar fliperama hahah

    gostei bastante

    parabéns pelo blog!! Entro todo dia esperando atualização rsrs

    ResponderExcluir
  4. Olá Samuel!

    Muito obrigado, pelo retorno e por nos acompanhar!

    Um abraço, e um ótimo 2014!

    ResponderExcluir