Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Bar Ocidental - Rio de Janeiro - 17/11/2012


A busca pelo chamado triângulo das sardinhas, no Centrão do Rio de Janeiro, foi motivada pelo colega blogueiro Nenel Neto, que certa vez me contou da sua existência. Era um sábado, e quando chegamos à dita região, já passava do meio dia. De início pensamos ter tido azar, visto que apenas um dos vários bares daquele quarteirão estava aberto. Ocorre que este boteco, de nome Bar Ocidental, é justamente o pioneiro do formato copiado pelos vizinhos, e ali funciona há mais de seis décadas.

Legítimo representante do segmento de botecos, apresenta um ambiente interno de simplicidade extrema. Há também mesas externas, de plástico e sem forro como manda o figurino, e cobertas por uma lona que abriga a clientela do sol e da chuva.

O cardápio não existe, e o letreiro disposto em uma das paredes do bar lista sardinha (R$ 1,80 a unidade) e a pescadinha (R$ 13,00 cada), além do chope Brahma, ao preço de R$ 4,50 com 300 ml. Há ainda suco natural de laranja, além de refrigerantes e doses diversas.

Pedimos sardinhas para todos, peixe este que é muito bem frito depois de limpo e aberto. Empanados em fubá e apresentando o sabor marcante que lhe é característico, o quitute acompanhou muito bem o chope gelado.

Mais tarde, a pedido dos companheiros de mesa, experimentamos também a pescadinha, que infelizmente não me encantou tanto quanto o prato típico da casa. Aos que desejarem um almoço, basta solicitar guarnições à parte, como arroz com brócolis e batatas fritas.

Falando do atendimento, este é ligeiro e objetivo. O público de sábado é predominantemente familiar, e ao que parece se dirige àquela porção do Centro exclusivamente para se fartar de sardinhas, já que nos finais de semana não há nada funcionando na erma redondeza. O Bar Ocidental fecha aos domingos, e como pagamento admite cartões de crédito e débito.


Notas:

Ambiente: 2
Bebida: 3
Comida (peso 2): 3
Serviço: 3
Custo-benefício: 4

Média final: 3 estrelas


Bar Ocidental
Rua Miguel Couto, 124-C - Centro - Rio de Janeiro – RJ
Tel: 21.2253-4042
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário