Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Comida di Buteco 2012 - Barreiro

Nos botecos do Barreiro que integraram o CdB 2012 comparecemos ainda no segundo dia de evento. Já precavidos da sua usual fila de espera dos sábados, optamos por dar início pelo Bar do Zezé, chegando cedo para conseguirmos uma boa mesa e experimentarmos o seu Ouro de Minas. Aos que ainda não conhecem este ótimo boteco, recomendo que cliquem aqui  para saberem mais sobre o único tri-campeão do concurso.
O prato de 2012, que por certo continuará em seu cardápio, é um interessante combinado de três itens, destacando-se os excelentes bolinhos de angu com queijo, que chegaram à mesa crocantes e sequinhos.

Depois de termos bebido Brahma gelada a R$ 4,25, todas servidas com a eficiência de sempre pela equipe do Zezé, caminhamos um quarteirão até chegarmos ao segundo boteco do Barreiro, o Bar do Ferreira.  Nele seríamos bem recebidos por uma das funcionárias, que apesar de tudo foi a portadora das más notícias: nada de cerveja ou refrigerante gelados naquele dia. Assim, depois de deixarmos para trás duas garrafas de Original em temperatura ambiente, partimos para o terceiro e último boteco da Região, que era o Bar do Rei.
Chegando ao representante único do Barreiro de Cima, encontramos o Bar com as mesas já tomadas, porém nos foi disponibilizada a mesa alta que se situa no meio do bar. Ali permanecemos até o fim da estada, que foi regada por cerveja Brahma a R$ 4,60 e duas porções do Trio Mineiro, que é um combinado de três diferentes quitutes: bolinho de milho, pelota de carne e bolinho de queijo, estes acompanhados por um molho de goiabada.

Um bom petisco, que pecou somente pela quantidade. O atendimento deslizou apenas no fechamento da conta, que demorou um bocado, mas no geral se manteve dentro do esperado. Vi os dois pratos das edições anteriores sendo servidos para outras mesas, o que me leva a crer que o de 2012 também será mantido no cardápio. Aos que não conhecem sugiro não se desanimarem por uma eventual distância, pois entendo que uma visita no Bar do Rei sempre vale a pena.

2 comentários:

  1. Este dia, o segundo do CdB 2012, vai deixar saudades! Um sábado ensolarado para começar a tomar uma gelada no Zezé, depois uma cerveja-vinho à temperatura ambiente e por último uma boa visita ao Bar do Rei... muito bom! Principalmente pela companhia dos amigos! Abraços Pedrão!

    ResponderExcluir
  2. Grande Leo Koscky!

    Realmente foi um belo dia, com ótimas companhias e quitutes inspirados! Já não vejo a hora de voltar por ali.

    Um abração!!

    ResponderExcluir