Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

terça-feira, 8 de julho de 2014

Bar do Antônio (Pé de Cana) Luxemburgo - 02/07/2014

Ao longo das cinco décadas de funcionamento no Sion, o Bar do Antônio – que há tempos deixou de pertencer ao Antônio – foi se tornando um dos mais bem cotados bares de BH. Já foi eleito o melhor boteco da cidade por publicações gastronômicas, como Veja Comer e Beber e a Encontro Gastrô; participou em 10 das 15 edições do Comida di Buteco; figurou em programas de TV por razão do seu famoso PF; e ainda pertence ao seleto grupo dos 33 bares de BH que constam no Guia 4 Rodas. Tamanho sucesso motivou os donos a abrirem uma filial da casa, razão desta resenha, que foi inaugurada há duas semanas.


Localizada na avenida principal do bairro Luxemburgo, próximo ao Woods Shopping, a primeira filial do “Pé de Cana” ocupa um imóvel de dimensões invejáveis. Dotado de três ambientes internos e um externo, este ao livre, o bar comporta não menos do que 100 pessoas. Com bons banheiros e área para a diversão dos pequenos, a casa conta também com rampa para acesso de pessoas com dificuldade de locomoção, que poderia ser melhor sinalizada.



Entrando no aspecto que consagrou o bar, que é a sua cozinha, foi com os chips de jiló (R$ 14,00) que abrimos os serviços. Acompanhando a cerveja gelada – e cara – com maestria, trata-se de quitute cuja fritura é muito bem executada, e que serve bem duas pessoas. As cervejas, a propósito, custam R$ 8,00 se a escolhida for a Brahma, e R$ 9,20 se houver preferência pela Original.



Outro prato degustado foi o Carnoba (R$ 39,00), escolhido diante da indisponibilidade da Costelinha Embriagada. Composto por filé em cubos cobertos por folha de taioba e ladeados por batatas empanadas e recheadas com presunto e queijo, foi outra pedida que não desapontou. Trata-se da criação que representou o bar no Comida di Buteco 2009, tendo se tornado, depois disso, um dos carros chefes da casa. Tal como no ano de sua criação, o filé chega à mesa suculento, e as batatas bem crocantes.


Com o cardápio praticamente idêntico ao da matriz, ainda não se viu nenhuma criação exclusiva para esta nova unidade. Talvez esta semelhança é que esteja  atraindo – e lotando – um bar com tão pouco tempo de vida. Os donos prometem, para a semana seguinte, o início do almoço diário, e nós ficamos na expectativa de termos, também por ali, este que é um dos melhores pratos feitos da cidade.


Notas:

Ambiente: 4
Atendimento: 3
Bebida: 4
Comida (peso 2): 4
Custo-benefício: 3

Média final: 3,5 estrelas


Bar do Antônio (Pé de Cana) - Luxemburgo
Av. Guaicuí, 615 – Luxemburgo – Belo Horizonte – MG
Tel: (31) 3221-2099
Pagamento: aceita cartão de crédito e débito
Preço médio por pessoa: R$ 65,00*

*Consumo individual, em rateio ou não, de uma porção para dois, ou duas porções para um, de preço médio, acrescida(s) de duas bebidas e, quando houver, serviço e couvert/entrada. As bebidas podem ser duas cervejas de 600 ml, quatro cervejas de 350 ml, dois drinks, ou duas doses de cachaça, dependendo da especialidade do bar.

6 comentários:

  1. Apenas uma ressalva: Temos acessibilidade SIM. Rampa lateral que acessa a casa pelo Parquinho infantil.

    ResponderExcluir
  2. Na data da visita, me sentei ao lado da porta de acesso a esta rampa, que estava fechada. De toda forma, está registrada essa possibilidade.

    Agradeço a visita, e peço informar os leitores sobre a data de início do prato feito.

    ResponderExcluir
  3. Parece ótimo, mas cara essa cerveja hein.

    ResponderExcluir
  4. Criticas tambem devem ser feitas..
    O bar do Antonio pe de cana no bairro luxembrugo, abriu de forma errada. Nao se importou com a as normas da legislacao causando enorme trastorno ao entorno e vizinhanca.
    Nem sistema de se eviltar o barulho intenso que tanto seus frequentadores causam, quanto ao seu maquinario e exaustores. Exaustores esses, que emitem canhoes de gordura e poluicao sem qualquer tratamento ao meio ambiente , infestando as casas residencias ao entorno. Seus donos nao se preocupam nem com seguranca nem com o bem estar de seus frequentadores instalando um parquinho infantil na area dos fumantes ao lado de enormes butijoes de gas com perigo emininte para todos.
    Nao houve uma conduta correta para se inaugurar com responsabilidade e cidadania.
    Somente os proprios interesses foram avaliados.
    NOTA ZERO PARA ANTONIO PE DE CANA. QUE LAMENTAVELMENTE ATORMENTA A VIDA DOS VIZINHOS SEM QUALQUER ETICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo,
      Espero, com sinceridade, que os donos leiam esta denúncia e tomem as providências necessárias.

      Excluir