Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

domingo, 8 de junho de 2014

Bar Bambu - 31/05/2014

Depois de teremos falado sobre dois bares arrumadinhos, ambos reconhecidos por diferentes aspectos, compartilhamos hoje impressões sobre um boteco de bairro. Falo do Bar Bambu, que não é novidade aos butequeiros do Salgado Filho, mas que foi exibido ao restante da cidade através do Comida di Buteco 2014. Nossa visita aconteceu depois de fechadas as urnas, com este já confirmado na edição 2015. 

O sábado da visita era frio, porém o clima não intimidou a clientela do bar, inteiramente ocupado. Aguardamos escorados nas simpáticas prateleiras externas ao boteco, por não mais que 10 minutos, já bebericando uma geladíssima Original (R$ 7,90). Além destas, há apenas Brahma e Skol como opção, a R$ 6,90 cada garrafa.


Já no diminuto interior da casa, observamos que todas as mesas e assentos são de madeira, assim como janelas e biombos, característica que além de conferir um quê de personalidade à casa, mantém o calor interno.


Para petiscar escolhemos o prato vencedor do desafio Doritos 2014, premiação concedida por um dos patrocinadores do Comida di Buteco, porém o mesmo estava indisponível. Composto de coxinhas de frango invertidas e recheadas (R$ 16,00), recebemos a promessa de que o petisco permaneceria no cardápio, havendo oportunidade de experimentá-lo futuramente.


Partimos então para o tira-gosto que, até onde se sabe, foi o responsável pela fama do bar nos arredores. Recheada com queijo minas e coberta por muçarela ralada, a pelota de carne (R$ 13,90) parece ter sido inspirada na almôndega de meio quilo do Bar do Ceará. Servindo duas pessoas com fartura, jogou por terra nossa pretensão de desvendar outros itens instigantes do cardápio, como uma das cinco variedades de batata recheada (14,90).


Um traço que vejo como diferencial do tranquilo Bambu Bar, sobretudo por se tratar de um boteco, é o fato de abrir diariamente, levantando as portas às 17h. Recomendo-o , por fim, a todos que sejam apreciadores de botequins de bairro.


Notas:

Ambiente: 3
Atendimento: 3
Bebida: 2
Comida (peso 2): 3
Custo-benefício: 4

Média final: 3 estrelas


Bambu Bar
Rua Divisa Nova, 670 – Salgado Filho – Belo Horizonte – MG
Tel: (31) 7508-4820
Pagamento: aceita cartão de crédito e débito
Preço médio por pessoa: R$ 30,00*

*Consumo individual, em rateio ou não, de uma porção para dois, ou duas porções para um, de preço médio, acrescida(s) de duas bebidas e, quando houver, serviço e couvert/entrada. As bebidas podem ser duas cervejas de 600 ml, quatro cervejas de 350 ml, dois drinks, ou duas doses de cachaça, dependendo da especialidade do bar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário