Espaço destinado aos relatos críticos de andanças pelos botecos belo-horizontinos, assim como aos pitacos sobre outros lugares quaisquer.
Traduzir para ChinêsGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Via Geraes Horto - 10/11/2012

Quem conheceu o Aconchego da Floresta, bar que em 2012 cedeu lugar a uma filial do Via Geraes, certamente sentirá alguma nostalgia ao entrar no novo empreendimento. No meu caso, logo veio à mente a farra que ali fizemos depois da minha colação de grau no colégio, ainda em 1999. Todavia essas lembranças logo se dissiparam, já que o bar atual promoveu uma reestilização para a sua inauguração. Hoje há um telhado colonial e mesas de madeira, que junto à substituição do muro por grades, também em madeira, dão a tônica rústica que é a recente marca da rede.

Era um sábado chuvoso o da nossa visita, e quando chegamos ao Via Geraes já se aproximava das 21 horas. A casa estava com metade das mesas ocupadas, e depois de assentados pedimos uma Brahma (R$ 5,70), tendo sido esta servida ao estilo canela de pedreiro.

Para petiscar, a nossa primeira escolha foi uma porção de carne de sol com mandioca na manteiga de garrafa (R$ 31,90), porém a mesma estava indisponível naquele dia. Reavaliamos o cardápio e nos decidimos pela carne de lata (R$ 30,90), cuja porção é escoltada por farinha temperada e molho agridoce de limão. Como bom mineiro, sou um apreciador de carne suína, tendo me agradado muito a descrição do prato, o qual foge da trivialidade que imperou por anos na matriz do bairro Santa Inês. A sua execução, porém, não se mostrou tão interessante quanto a criação, o que é devido exclusivamente ao exagero de sal na carne, já que os acompanhamentos eram corretos.

Eventualmente a casa oferece música ao vivo à clientela, mediante couvert artístico de preço honesto, e na data em questão se apresentou um cantor de pop rock. O atendimento do bar não compromete, e como pagamento recebem cartões de qualquer espécie. Como a Rua Alabastro é mais movimentada hoje, e também por funcionar um bistrô logo em frente, as vagas de estacionamento se tornaram escassas. Se optar pelo táxi, há um ponto junto ao Hospital São Camilo, na vizinha Silviano Brandão. Na mesma Avenida há boas opções de ônibus, e caminhando um pouco mais se encontra a estação Horto Florestal do metrô.


Notas:

Ambiente: 4
Bebida: 4
Comida (peso 2): 2
Serviço: 3
Custo-benefício: 3

Média Final: 3 estrelas


Via Geraes Horto
Rua Alabastro, 38 - Horto
Tel: 3582-4903
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário